Ninguém Deveria Estar à Venda

Ninguém Deveria Estar à Venda

Como JOCUMeiros, devemos em primeiro lugar, educar-nos sobre o que está acontecendo em nossos próprios quintais. Isto não é “lá” em algum lugar. Este flagelo global está ocorrendo em nossos bairros, e não temos visto. Temos que pedir a Deus que abra os nossos olhos para que vejamos. Porque se nós não virmos, não vamos orar. Se não orarmos, não iremos agir. Se fosse com o seu filho, sua filha, seu primo, sua mãe, a ação já teria ocorrido. Não podemos parar de simplesmente nos educarmos.

A oração é um elemento vital e crítico de como devemos nos empenhar contra a escravatura moderna, porque esta não é uma batalha contra a carne e o sangue, mas contra os principados e potestades. Assim, devemos nos engajar em um novo nível de oração global de forma regular. Estamos fazendo um apelo à oração estendida e regular em escala mundial. Estamos chamando as igrejas, missões e denominações para acabarmos com a escravidão dos tempos modernos em nossa geração.

Não estou à venda. Você não está à venda. Ninguém deve estar à venda. O Site da Campanha Não Estou à Venda descreve como o mercado moderno da escravatura do sexo trabalha:

Os traficantes se movem oportunisticamente, a fim de fazer presas entre as populações vulneráveis … Onde quer que o maior lucro possa ser extraído, ali os traficantes atuam. Em um discurso inflamado dado em Bruxelas, a Comissária Européia Anna Diamantopoulou acertadamente caracterizou a “eficiência implacável” desses comerciantes modernos sobre a propriedade humana: “Eles conhecem seus negócios até do avesso e respondem às mudanças no mercado com uma velocidade incomparável até mesmo pelas empresas mais competitivas. ”

Os relatórios de notícia do Haiti revelaram recentemente a dura verdade dessas palavras. Segundo várias agências de notícias, com milhares de desabrigados do terremoto recente, os traficantes estão percorrendo as ruas oferecendo casas e trabalho. Crianças e adolescentes vulneráveis podem encontrar-se no comércio sexual em países estrangeiros ou escravizados em casa sob a tradição do Haiti de manter as crianças escravas, o que é conhecido como “restaveks“. A UNICEF, a Cruz Vermelha e a Save the Children estão trabalhando para registrar crianças em risco e estabelecer abrigos seguros exclusivamente para eles.

Lembrei-me no Call2All na Nova Zelândia que, quando Charles Finney participou da segunda onda de avivamento em meados dos anos 1800 nos Estados Unidos, as pessoas que se tornaram seguidoras de Jesus imediatamente se tornaram abolicionistas a fim de acabarem com a escravidão. Podemos e devemos fazer o mesmo.

O Pacto de Bangkok

Em uma recente reunião anual da JOCUM Indo-China e Filipinas, assinamos um voto solene chamado “Pacto de Bangkok”.

Ele afirma que em 20 de outubro de 2009 nos encontramos no meio de Patpong, Nana Soi / Soi Cowboy, Pattaya e Poipet onde as meninas e as mulheres são atraídas, enganadas ou forçadas a vender seus corpos para o ganho econômico. Consideramos também outras formas de escravatura, como crianças-soldados, pessoas em trabalhos forçados, e vítimas de dívidas geracionais. Depois, ouvimos e escutamos o coração de Deus …

Estes são os seus filhos e filhas e famílias. Abram os olhos e vejam. Eu ouço os seus gritos. Eu vejo as suas lágrimas e dor. Eu os amo e tenho outro sonho para eles. Vocês são uma parte desse sonho.

A medida que vocês forem se reunir para orar neste mês, por favor, tirem um momento pessoalmente e como um ministério para assinar este pacto. Nós, os líderes da JOCUM Indo-China e nas Filipinas fizemos um voto solene. Perguntaremos a Deus o que Ele quer que façamos a longo prazo, mas para os próximos quatro meses, nós iremos:

Orar semanalmente pelos escravizados e traficados.

Comunicar a todos os nossos obreiros, alunos e amigos sobre esta aliança que fizemos.

Tornarmo-nos mais conscientes da escravidão e do tráfico de seres humanos, visitando sites, como:

Ore e receba e mesma unção que estava sobre Jesus – “O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para pregar boas novas aos pobres. Ele me enviou para proclamar liberdade aos presos e recuperação da vista aos cegos, para libertar os oprimidos” Lucas 4:18 (NVI)

Ore Conosco

Fizemos um compromisso de ler, ouvir, nos educarmos, e orar semanalmente para acabar com a escravidão dos tempos modernos. Agora é o momento de perguntar a Deus o que Ele quer que façamos a longo prazo.

O que você vai fazer? Tire um momento agora e simplesmente pergunte a Deus qual deveria ser sua reação individual e como equipe, base ou escola.

Ore para que:

  • Deus abra os seus olhos e lhe dê uma reação pessoal para com o tráfico
  • Haja um fim à exploração e todas as formas de abuso.
  • Haja abrigos e recursos suficientes para prover as necessidades específicas das vítimas, incluindo os tratamentos médico e psicológico.
  • Haja formação e educação para cada vítima de modo que eles sejam capazes de perseguir seus sonhos individuais e estabelecerem-se em um ambiente saudável.

Não estou à venda. Você não está à venda. Ninguém deve estar à venda.

Testemunho – Filho de uma prostituta

No norte da Tailândia, um dos ministérios da JOCUM trabalha com crianças em risco (com menos de 6 anos de idade) que foram vendidas, traficadas ou abusadas. Eles foram contatados pelo governo tailandês para construir uma nova unidade de cuidados posteriores para garotas de 6 a 12 anos. Infelizmente essa instalação já está cheia de meninas.

O líder estava com uma das meninas de 6 anos, quando ela começou a fazer perguntas: “Quem é maior, Deus ou Satanás?” Quem fez Satanás e onde ele está morando? ” “Onde Deus está morando?” “Quem fez o inferno e quem vai estar lá?”  Grandes perguntas de uma menina tão jovem!  Vamos chamá-la aqui de Lah.

Lah tinha experimentado o mal durante toda sua vida. Sua mãe era uma prostituta. Enquanto ela estava grávida, ela dançava a noite toda nos bares. Quando Lah nasceu, ela começou a levar a bebê com ela para o trabalho. Essa menina cresceu nos bares, onde assistiu, ouviu e observou tudo. Durante o dia, quando sua mãe estava dormindo, Lah era abusada por seu cuidador.

Lah tinha muitos problemas, mas um deles era a dificuldade para adormecer. Ela tinha medo e molhava sua cama toda noite. Durante muitos meses, nossos funcionários sentaram ao lado dela lendo um livro até que ela adormecesse. Um dia, Lah lhes disse: “Vocês não têm mais que sentar comigo. Eu não tenho mais medo.” Daquele dia  em diante ela não molhou mais sua cama. Mesmo fazendo todas aquelas perguntas,  ela está experimentando algo novo: confiança, amor, superação do medo, superação, e certeza de que é possível dormir em paz.

Levou muitos meses para o pessoal da JOCUM ver uma mudança, mas eles acreditaram e oraram e isso fez a diferença! Junte-se a nós.

Steve mora na Tailândia, e é o atual diretor Internacional de Ministérios de Socorro e Misericórdia em Jovens Com Uma Missão.

6 Comentários

  1. Andrea 5 anos atrás

    Tenho orado sim pela libertação dos escravos sexuais, que Deus impeça a ação maligna na vida dessas pessoas.Quando fico imaginando como essas pessoas sofrem, doi na minha alma.Tenho orado para que Deus possa abrir meus olhos e não me esquecer dessas pessoas.
    Deus abençõe,

  2. MÁRCIO PEREIRA 5 anos atrás

    GLORIA A DEUS POR ISSO !!! DEUS ESTÁ NO CONTROLE !!! CONTINUE NESSA DIREÇÃO QUE O SENHOR DEU, PAZ SEJA CONTIGO !!! LEMBRE-SE QUE É GRANDE O SEU GALARDÃO NO REINO DOS CÉUS, O SEU TRABALHO NÃO É VÃO NO SENHOR.

  3. Renata Fernanda 4 anos atrás

    Como precisamos pedir que Deus abra os nossos olhos.. esta é uma realidade que cada vez se aproxima mais… Devemos fazer aquilo que somos chamados a fazer: orar sem cessar! Deus, ascende a nossa luz, queremos brilhar o Teu amor, em nome de Jesus!

  4. Marcondes 4 anos atrás

    Esse tstemunho é muito tremendo!!!!

  5. Tayanna 4 anos atrás

    É realmente impactante essa notícia. Saber que há pessoas sofrendo e precisando da libertação que somente o Senhor Jesus pode fazer. Que nossos olhos e corações sejam abertos a ouvir e ser usados pelo Senhor. É um desafio pela frente… mas somos mais que vencedores em Jesus!

  6. ROMELL 3 anos atrás

    DEUS ABRA OS NOSSOS OLHOS JA NÃO BASTA A CEGUEIRA DITA NO MUNDO QUANDO NÃO ENCHERGAMOS A DEUS E SUAS MARAVILHAS, AGORA TBM UMA CEGUEIRA ESPIRITUAL EM NOSSO PROPRIO MEIO DE NÃO ENCHERGAMOS O QUE ACONTECE COM OS FILHOS DE DEUS E TBM SUAS CRIATURAS? MISERICORDIA! OREMOS SEM CESSAR. SHALOM

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>