Notícias de Jovens Com Uma Missão.

Artigos

Comunicação: Valor ou Estratégia?

Comunicação: Valor ou Estratégia?

Há alguns anos eu estava em meu escritório, na igreja onde trabalhava com Comunicação, quando, por e-mail, recebi uma carta informativa de missionários. Naqueles dias, estava atenta a isso, pois, as Torres Gêmeas tinham acabado de cair e, ali na igreja, estávamos preocupados com o novo cenário de missões mundiais.

Era a carta informativa de uma amiga, em que ela descrevia sobre uma escola de treinamento da base de Jocum Fortaleza ligada à Comunicação (GENESIS). Achei tudo bem interessante e novo. É meio comum a imagem de missionário “pregador” e, naquele momento, ver missionários operando máquinas e fazendo peripécias visuais me surpreendeu bastante. Bem, de alguma forma, li as notícias e voltei à minha rotina de trabalho local de comunicação na igreja, organizando o banco de dados, fazendo o boletim, negociando com gráficas, planejando atividades, atendendo pessoas, etc.

No entanto, algo nessa história toda mexeu comigo. Isso é tanto que, passados alguns dias, lá estava eu orando para retornar ao campo missionário, depois de vários anos de experiências em outra organização missionária, pois, agora, havia uma convicção muito forte em mim de que meu novo ministério seria ligado à área de Comunicação. Poucos meses depois dessa experiência, já estava matriculada para cursar minha ETED em Jocum Fortaleza.

A Comunicação é um meio de ‘tornar comum’ a informação, um sentimento. Ela serve, inclui e reparte. Verbos como esses são essencialmente cristãos. O modo despretensioso de se comunicar que alguns fazem por meio de uma simples carta informativa pode fazer de uma informação comum, um instrumento capaz de alcançar pessoas e mudar destinos em Deus. Nesse contexto, o Site Nacional da Jocum é uma ferramenta de comunicação e mobilização missionária. Todos os meses, centenas de pessoas nos procuram, comentando que estão ouvindo a voz de Deus em relação ao seu destino. Esse público vai desde adolescentes que sentem “algo estranho no coração” e nos procuram em busca de orientação, até adultos de quase quarenta anos que, finalmente, “decidiram parar de resistir ao chamado que um dia ouviram”.

Porém, o site não é apenas uma ferramenta, pelo contrário, ele é um produto disponível on-line que expressa um compromisso com a publicação de informações que Deus tem compartilhado conosco enquanto Missão. Ouso dizer que Jocum Brasil é uma das principais (se não for a principal) referências on-line em relação à mobilização missionária. Temos um potencial enorme e, hoje, usamos no máximo 40% desse junto à Igreja Brasileira e Latino-Americana.

Nosso site possui cerca de 10.000 acessos por mês e, segundo nosso último levantamento estatístico, recebemos cerca de 5.000 mensagens por ano, que se distribuem em diferentes temas, com as mais variadas perguntas, dentre as quais destacamos: “o que é Missões?” “Como faço para fazer Missões?” “O que é Jocum? Como faço para participar?”. Através do “JOCUM.ORG.BR”, temos uma imensa oportunidade de mobilizar a Igreja para a obra missionária, como também, de inspirar o povo de Deus a ouvir Sua voz e obedecê-La, transformando a Sociedade, por entre as suas mais diversas áreas de influência. Mas, será que temos feito isso? Será que temos aproveitado tamanho potencial?

Nos últimos anos, tenho percebido que, em nosso meio, tem faltado pessoas que escrevam com o intuito de fomentar reflexão e inspiração para nossa família jocumeira. Mesmo que Deus tenha levantado alguns entre nós com esses dons, a falta de informação e o desinteresse pelo Site Nacional fazem com que eles não estejam contribuindo com seus textos ali, ou seja, eles escrevem em outros veículos de comunicação ou mesmo em seus próprios espaços virtuais, como os “blogs”, por exemplo.

Dessa forma, a “nossa ferramenta” tem ficado limitada a uma grande vitrine ou a um imenso mural de recados, com mensagens deste tipo: “venha estudar na nossa base, porque estamos precisando de alunos”. Um cenário como esse é lamentável para quem, enquanto Movimento, quer inspirar, transformar e discipular a Sociedade e suas áreas de influência. Com tudo isso em mente, algumas questões teimam em me inquietar: quais os motivos que justificam esse contexto? Será que não deveríamos pensar mais seriamente em Comunicação como um Valor do Reino? Será que não deveríamos começar a enxergar a Comunicação mais como uma oportunidade de repartir aquilo que recebemos, ao invés de tratá-la apenas como uma estratégia em busca de recursos humanos e financeiros?

Depois de 10 anos de trabalho e existência, o Site Nacional da Jocum Brasil ainda não contou com uma equipe significativa, nem dispôs de máquinas adequadas, tampouco de legitimidade ministerial em nível de Jocum Brasil para conseguir ser uma instância oficial em termos organizacionais, ou seja, não somos um ministério formal, mas sim, uma “ferramenta”. Isso é algo que nos traz dificuldades quando batalhamos para conseguirmos obreiros e apoio logístico, e mais ainda, quando precisamos organizar uma equipe bem formada para discipular virtualmente nossa geração. Hoje, somos praticamente duas pessoas para cuidar da manutenção e das demandas gerais de notícias e outras publicações on-line, tarefas essas, que dividimos ainda com outras atividades na própria Missão.

Com muita dificuldade e após várias tentativas, conseguimos mudar toda a apresentação visual dele (layout, para uns, ou template, para outros), bem como, reparar a estrutura de e-mails, que estava inadequada já fazia algum tempo. Estamos contando as horas para o lançamento da “nova cara” do site e temos uma esperança de poder alcançar mais pessoas em nossa geração e também de poder servir melhor os jocumeiros desse tempo marcado pela Tecnologia. Atualmente, precisamos de mais colaboradores em nível de conteúdos (textos, artigos, estudos, etc…), mas também, carecemos de lideranças comprometidas com o envio de informações, quer seja um telefone que mudou, ou os novos dados de uma Escola/Curso. Já é sabido que o Site Nacional de Jocum Brasil tem sim a missão de divulgar programas, eventos, atividades, entre outros assuntos que giram em torno da Missão. Porém, não podemos limitá-lo isso.

Nesse ínterim, eis o resumo geral das nossas maiores necessidades:

  • Precisamos que existam, em nossas bases pelo Brasil, pessoas responsáveis por manterem contato conosco e contribuir, principalmente com informações atualizadas.
  • Precisamos de mais obreiros para atuarem com as áreas de manutenção, sistema operacional do site, busca de contatos e suporte para bases carentes em termos ministeriais de Comunicação.
  • Precisamos de revisores e tradutores com experiência em Inglês e Espanhol, no mínimo.
  • Precisamos de máquinas realmente adequadas às demandas de trabalho em torno do Site.
  • Precisamos de uma estrutura mais ministerial que “informal” – que é o que prevalece hoje.

Qual é o seu papel nisso tudo?

Além de ler esse texto, (se é que você chegou até aqui), nós podemos, enquanto Jocum Brasil, dar um passo rumo ao compromisso e ao envolvimento efetivo com a nossa “imagem” on-line que a Sociedade vê e, por isso, estamos clamando a você – tanto obreiro como líder em Jocum Brasil – para assumir conosco esse desafio de fazer do “site nacional” algo seu também.

Este é um desafio de Jovens Com Uma Missão: ser um movimento que inspira nossa geração, ao invés de permanecer diante da tela de um computador imóvel e absorto, tal como nos indica a obra escultural “O Pensador” de Rodin.

Então, diante de tudo isso que apresentamos aqui, para você, a Comunicação é uma estratégia (utilitarismo) ou um valor (princípio) na sua vida e na sua base?

Trabalha com (Jovens Com Uma Missão) JOCUM desde 2002. É casada com Saulo Xavier e juntos servem em Curitiba e na Assessoria da Presidência Nacional da JOCUM com Comunicação, Tradução e Mobilização.

7 Comentários para “Comunicação: Valor ou Estratégia?”

  • Edivan Lima disse:

    A paz de cristo meus amados.

    Gostei muito do texto, enfrento dificuldades muito parecidas no ministério no qual Deus me colocou como “lider”, vejo que quando se trata de “comunicação” os obreiros não dão tanto valor as obras como nos demais ministérios. São muitas as dificuldades para gerar uma informação concisa que possa de fato tocar o coração do próximo.
    Falta estrutura humana e de materiais para que essa benção possa ocorrer de forma mais eficaz no cotidiano do ministério.

    Que Deus voz abençoe.

    Edivan Lima
    Igreja Batista Getsêmani – Macaé
    Ministério de Comunicações e Eventos – GET Comunicações

  • renata disse:

    Daniela, olá, sou designer, gostaria muito de participar da Jocum, não só estudando, mas tbm contribuindo… posso traduzir textos em inglês e ajudar na parte de design gráfico. Entre em contato, bjos

  • Suelen disse:

    Olá! Estou me formando em jornalismo e o objetivo da minha formação é para que um dia trabalhe na área de comunicação no ministério. E sempre me foquei em ir para a JOCUM comunicação… Até então não sabia que tinha em fortaleza. Só tinha visto os ETED jornalismo fora do Brasil. Enfim… é para isso que estou aqui.

    abraço,

  • Josias (http://www NULL.fabricadeimagem NULL.com NULL.br) disse:

    Bom dia cara Daniela;
    no momento nem me lembro como fui achar sua mensagem no tocante a comunicação como a própria Palavra de Deus; hoje 28/07/2011 sua mensagem foi postada em 2009? é isso mesmo?
    Como estará hoje seu departamento? Conheço muitos missionários JOCUM e me pergunto; o que eu posso fazer para ajudar o seu departamento? vamos interagir?

  • Comunicação JOCUM Brasil disse:

    Josias,
    Obrigado pela visita e comentário. A Dani deve aparecer por aqui mais tarde. Qual sua área de atuação?
    Abraços,

  • Josias (http://www NULL.fabricadeimagem NULL.com NULL.br) disse:

    Trabalho em Gráfica Digital; vcs. aí conhecem como “Copiadora” mas estamos nos comunicando sempre com Igrejas, Missionários, pastores e empresas.
    Sou membro de “Os Gideões Internacionais” e estou a disposição para divulgar seu pedido.
    Mande notícias ou Links de Testemunhos de Conversões a Jesus;
    Nós as utilizamos muito em pregações.

  • Uriel Cezana (http://Nãotenho) disse:

    Começamos um trabalho Evangelístico na sexta-feira passada, é algo que estava no meu coração é também no coração do meu Pr. Nilson, começamos com esse trabalho e seii que isso irá crescer, precisamos está ligados na questão da comunicação, isso é se suma importância… Resido em Eunápolis-Ba e faço parte da comunidade Assembléia de Deus Nova Vida..
    Estaremos orando ao Senhor por essas causas..
    Abraço fiquem na paz..

Deixe seu Comentário