Menu

Bíblia King James alcança o Parlamento de Papua Nova Guiné Categorias:
Notícias

A Bíblia na versão King James de 400 anos, chegou formalmente ao Parlamento de Unagi Oval entre canções de louvor e ações de graça, diante de milhares de cristãos de todas as denominações que vieram testemunhar o evento histórico, na quarta-feira, 16 de setembro.

A Bíblia foi levada ao Parlamento no Dia da Independência e foi recebida pelo Primeiro Ministro Peter O’Neil, que descreveu a bíblia como um tesouro nacional que irá unir uma nação de 1000 tribos e línguas.

“Esse livro deve nos unir e ser uma foça de união para o nosso país nos anos que virão, porque nós temos muitos grupos étnicos, muitas tribos e muitas línguas, mas uma Bíblia”, – disse ele para o povo.

Sr. Oneil, que recebeu a Bíblia KJV, que lhe foi entregue pelos pastores sêniores das igrejas Body of Christ em Port Moresby, enquanto PNG celebrava seu 40o aniversário de independência, foi oportuno colocar a Bíblia no Parlamento.

Ele disse que é importante ter a Bíblia no Parlamento para que os líderes possam ser guiados por ela para tomarem decisões corretas pelo país, Papua Nova Guiné.
O Primeiro-Ministro disse que líderes não são perfeitos e precisam buscar direcionamento da Bíblia para servirem o povo e o país.

Nós sabemos que a Palavra de Deus veio ao nosso país há muitos anos atrás, mas conforme celebramos 40 anos de nossa independência, é importante que nós renovemos nossa fé cristã” – disse o Sr. O’Neill à multidão presente no Parlamento.
O preletor Theodore Zurenuoc disse que trazer a Bíblia ao Parlamento não trata de destruir a cultura de PNG, mas sim de ter na Casa um símbolo de nossa fé Cristã.

“Nós permaneceremos um povo culturalmente diverso quando o Senhor Jesus retornar, mas nós certamente seremos uma nação fortemente unida de 1000 tribos unidas por nossa fé em Deus, e é isso o que estamos declarando hoje ao homenagearmos a Bíblia.” – disse Sr. Zurenuoc.

Por Nicole Joannes
Tradução: Renato Wong



  • luziane

    meu chamado missões.