Publicado evangelho de Mateus em Urdu

Publicado evangelho de Mateus em Urdu
30 de janeiro de 2010 JOCUM Brasil Comunicação

‘Ibne Mariam’, a revisão do Evangelho de Mateus, com anotações de estudo, publicado pela Universidade da Nações, foi impresso no Paquistão, mas as cópias não são o suficiente. A demanda excedeu a centenas de milhares

Quando o Novo Testamento em Hindustani (Urdu) foi impresso pela primeira vez, a situação foi mais ou menos a mesma, milhares começaram a lê-lo sozinhos.

‘Ibne Mariam’ é baseado na tradução original, completa em 1812. A obra foi o resultado da visão de Sayed Maulavi Muhammed Fitrat, um estudante de Lucknow  que reinvindicava descendência da família do profeta Maomé. Fitrat, que foi empregado pelo College Fort William em Calcutá, desejava proporcionar a tradução do Novo Testamento para seu povo. Ele conhecia a vida de Cristo e a forma que Ele foi perseguido pelos Líderes Religiosos Judeus. Era uma história que eles queriam poder ler.

Em 1805, ele completou sua primeira tentativa com o Evangelho de Mateus. Porém não foi na língua Persa e a tradução do Grego não foi satisfatória. O Fort William College fechou logo depois, mas visão e determinação de Mirza Fitrat  continuaram.

O Reverendo William Carey, fundador da Serampore College, ajudou a recrutar um colega qualificado com conhecimento de lingüística assim como do Grego. Reverendo Henry Martyn, um acadêmico de Cambridge, tinha acabado de completar 25 anos de idade quando ele velejou para Calcutá, mas quando ele e Mirza Fitrat se encontraram, trabalharam dia e noite para produzir um exemplar traduzido de todo o Novo Testamento.
Em 1811 um manuscrito da sua obra foi descoberto e com essa ajuda, foi publicado agora uma versão para o século 21 do “O Filho de Maria” em Urdu, narrado por Mateus que foi testemunha ocular.

Em Urdu moderno, decorado com bordas, mapas, ilustrações e fotos da Terra Santa, esta nova publicação contém anotações do estudo original feito por Zafar Francis, CEO da JOCUM no Paquistão e um acadêmico na língua Urdu. Ele explica o contexto do evento e significado dos estudos contidos no Livro.

O Filho de Maria, ele explica, viveu durante o tempo quando os judeus estavam buscando por alguém para lidera-los contra os Romanos opressores. O invés disso ele tornou seu discurso em ataques contra as autoridades religiosas da época, revelando seu envolvimento com os pagãos, exploração dos pobres e a invenção de uma interminável lista de regulamentos religiosos que ninguém conseguia seguir.

Como era de se esperar, a exposição pública da autoridade corrupta que eles exerciam resultou na criação de  muitos inimigos,  nas mãos de quem veio a sofrer, apenas para de forma única e inesperada, por fim vencer a todos,  silenciando-os num só golpe.

O livro oferece uma bibliografia extensa,  referências,  assim como profundos artigos de apoio sobre a versão Urdu, a historia da impressão, significado do processo de tradução e fontes usadas em suas notas de estudo. Informações suficientes para responder a questionamentos de muitos, independente de quais sejam seus interesses particulares de leitura.

O longo, diligente e amoroso trabalho de Maulavi Mirza Fitrat e do Rev. Henry Martyn  está vivo na versão atual de ‘Ibne Mariam’.

Ibne Mariam pode ser encontrado em www.amazon.co.uk. Se você gostaria de contribuir com a impressão  de novas edições , escreva para: mail@ywampakistan.com

Publicado originalmente em www.ywam.org

JOCUM BRASIL Comunicação trabalha para conectar você ao mundo missionário, e é entre outras coisas responsável por este Website.

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*