Notícias de Jovens Com Uma Missão.

Pacto de Manila

Pacto de Manila

4 de agosto de 1988

O Pacto de Manila é uma declaração de propósito de missão preparada e considerada em oração pela liderança de Jovens Com Uma Missão e confirmada por 1500 obreiros durante a Conferência Internacional de Obreiros e Liderança de Jovens Com Uma Missão em Manila, Filipinas, em 4 de Agosto de 1988. As 20 afirmações do Pacto declaram os valores, princípios operacionais e chamado de Jovens Com Uma Missão. Convidamo-lhes a unirem-se a nós no empolgante desafio de alcançar o mundo com o amor de Cristo.

AFIRMAMOS
que nosso chamado como uma comunidade missionária é ajudar a completar a Grande Comissão. Celebramos o chamado do Senhor para estarmos envolvidos em evangelismo, treinamento e ministérios de misericórdia. Renovamos o nosso compromisso com o Senhor e um com o outro para que, pela graça de Deus e o poder do Espírito Santo, possamos fazer tudo o que Ele nos orientar para completarmos a Grande Comissão.

AFIRMAMOS
o chamado do Senhor sobre nossa Missão para mobilizar os jovens para o evangelismo mundial. Expressamos neste Pacto nosso compromisso de ver jovens exuberantes e prontos a mudar o mundo mobilizados em grande número para o evangelismo mundial, tendo todas as oportunidades para desempenharem papéis de liderança e influência em
nossa Missão.

AFIRMAMOS
o chamado de Deus sobre nossa Missão para alcançar com o Evangelho aqueles que ainda não o foram. Declaramos nosso compromisso de ver milhares de obreiros mobilizados nas nove fronteiras de evangelismo mundial: o Mundo Islâmico, o Mundo Budista, o Mundo Comunista, o Mundo Hindu, a Pequena Metade, os Cristãos Nominais, as Cidades, os Pobres e Necessitados, e os Povos Tribais.

AFIRMAMOS
o Senhorio de Cristo sobre todas as esferas da vida. Comprometemo-nos a difundir o Evangelho de Jesus Cristo de forma que Seu Senhorio seja proclamado sobre as pessoas, as nações, as famílias, a Igreja em todas as suas expressões, a Educação, a Mídia eletrônica e a Imprensa, as Artes, o Esporte, o Comércio, as Ciências e a Tecnologia, o Governo e a Política. Cremos que isto deve ser feito com o mesmo espírito com o qual Jesus veio: como Servo humilde, renunciando aos Seus próprios direitos e assim agradando ao Pai.

AFIRMAMOS
que Deus deseja que Jovens Com Uma Missão represente todas as nações da Terra e que nosso corpo de obreiros e liderança sejam compostos de raças da África, Ásia, Austrália, América Latina, Oriente Médio, Europa e América do Norte.

AFIRMAMOS
nosso chamado como Missão para amarmos tanto em palavras quanto em ação, a fim de proclamarmos e demonstrarmos as Boas Novas do Evangelho. Tanto o evangelismo pessoal quanto as ações práticas dão testemunho de Jesus Cristo. Da mesma forma nós, pela graça e misericórdia de Deus, proclamaremos as Boas Novas e executaremos atos de misericórdia, para que homens e mulheres possam tomar posse da Verdade do Evangelho.

AFIRMAMOS
a importância de fazer o trabalho de Deus à Sua maneira. Declaramos a nossa dependência total em Deus para obtermos sabedoria, e pedimos a Ele que nos revele qualquer traço de paternalismo, preconceito ou triunfalismo. Escolhemos seguir o exemplo do Senhor Jesus que renunciou a seus direitos defendendo os dos pobres e servindo àqueles aos quais veio ministrar em sincera humildade.

AFIRMAMOS
que Deus deseja jovens e idosos, homens e mulheres, em posições de liderança e responsabilidade em nossa Missão.

AFIRMAMOS
estilos de liderança caracterizados por um coração de servo, responsabilidade e submissão. Confirmamos a importância de todos os obreiros passarem por um período de treinamento e orientação culturalmente apropriados para prepará-los para o serviço no Reino de Deus. Expressamos o nosso desejo que Deus continuamente revigore e reavive nossos programas de treinamento e discipulado para que possam encorajar, equipar e capacitar os participantes para o serviço cristão.

AFIRMAMOS
a importância de um espírito de humildade e de quebrantamento e de transparência nos nossos relacionamentos . Comprometemo-nos com os princípios de unidade ensinados pelo apóstolo Paulo em Efésios capítulo quatro e cinco. Aceitamos a responsabilidade de tratar com qualquer falha de caráter ou barreira cultural de uma maneira que será do agrado de Deus e que promoverá unidade dentro da Missão e dentro do Corpo de Cristo.

AFIRMAMOS
a importância de vivermos uma vida equilibrada e Bíblica. Cremos que precisamos de cristãos de todas as convicções teológicas e origens no Corpo de Cristo. Precisamos doseu conselho, sabedoria, ensino e participação para sermos tudo o que Deus espera que sejamos.

AFIRMAMOS
a importância da Igreja local. Pedimos a Deus Sua graça e ajuda para nos capacitar a multiplicar e a edificar as igrejas locais trabalhando juntos para o cumprimento da Grande Comissão.

AFIRMAMOS
o ministério da oração e da intercessão. Declaramos nossa total e mais profunda dependência em Deus e pedimos a Ele que continuamente reavive os nossos corações para que sempre sejamos uma Missão que interceda pelas nações e O busque para direção e orientação. Cremos que Deus tem nos chamado como Missão para fazermos tudo baseado em oração, sabendo que sem a Sua liderança nossos melhores esforços serão obras mortas. Também declaramos nossa necessidade de que outros orem por nós.

AFIRMAMOS
a importância da prestação de contas entre Jovens Com Uma Missão como um todo e entre suas diversas bases, ministérios, equipes e escolas. Confirmamos nossa necessidade de estarmos em submissão àqueles aos quais servimos, àqueles que são autoridade sobre nós no Senhor e àqueles com os quais trabalhamos como colaboradores. Cremos que esta submissão leva à correção, ao encorajamento e à abertura em nossa vida corporativa e individual.

AFIRMAMOS
o valor do indivíduo. Comprometemo-nos a equipar, a apoiar e a capacitar todos aqueles que Deus nos envia, para o cumprimento do propósito e ministério de Deus em suas vidas.

AFIRMAMOS
o ministério de hospitalidade, comprometendo-nos a abrir nossas bases, casas e corações a todos aqueles que Deus nos envia. Reconhecemos que esta é uma responsabilidade Bíblica e alegremente aceitamos o privilégio de servir e honrar convidados, preletores, JOCUMeiros e aos pobres e necessitados, através deste ministério.

AFIRMAMOS
a importância de prestarmos contas na área financeira. Declaramos que nós, em Jovens Com Uma Missão, viveremos pelo mais alto padrão legal, espiritual e ético em nossas operações financeiras.

AFIRMAMOS
que Jovens Com Uma Missão é um movimento internacional de cristãos de várias denominações dedicados a apresentar Jesus, individualmente, à esta geração, mobilizandoo maior número de pessoas possível para ajudar nesta tarefa e a treinar e a equipar cristãos para o seu papel no cumprimento da Grande Comissão. Como cidadãos do Reino de Deus, somos chamados a amar, a adorar e a obedecer nosso Senhor, amando e servindo Seu Corpo, a Igreja, e apresentando o evangelho completo a todas as pessoas do mundo.

AFIRMAMOS
que a Bíblia é a palavra inspirada de Deus e a autoridade máxima, revelando que Jesus Cristo é o Filho de Deus. Cremos que o Homem é criado à imagem de Deus, para uma vida eterna através de Cristo. Embora todos os homens tenham pecado e careçam da glória de Deus, estando totalmente perdidos sem Cristo, Deus faz a salvação possível através da morte e ressurreição de Jesus Cristo. Cremos que arrependimento, fé, amor e obediência são respostas necessárias e adequadas à graça de Deus estendida a nós, e que Deus deseja que todos os homens sejam salvos e venham a ter conhecimento da Verdade. Cremos que o poder do Espírito Santo é demonstrado em nós e através de nós para o cumprimento do último mandamento de Cristo: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura (http://www NULL.bibliaonline NULL.com NULL.br/acf/mc/16/15)” (Marcos 16.15 (http://www NULL.bibliaonline NULL.com NULL.br/acf/mc/16/15)).

AFIRMAMOS
a Carta Magna Cristã (http://www NULL.ywambrazil NULL.org/na-historia/carta-magna-crista), que professa que os seguintes direitos básicos estão implícitos no Evangelho, ou seja, todos têm o direito a:

  1. Ouvir e entender o Evangelho de Jesus Cristo .
  2. Ter uma Bíblia disponível em sua própria língua .
  3. Ter uma comunidade cristã próxima para a comunhão regular semanal, ensino Bíblico e adoração com o Corpo de Cristo .
  4. Ter uma educação cristã disponível a seus filhos .
  5. Ter as necessidades básicas da vida: alimentação, água, vestuário, abrigo e assistência médica supridas .
  6. Ter uma vida produtiva de realizações espirituais, mentais, sociais, emocionais e físicas.
  • Manual Ide
  • ban-prayer
  • ban-prayer