Povo do Brasil, não transfiram o poder para quem está no topo!

Povo do Brasil, não transfiram o poder para quem está no topo!
18 de dezembro de 2007 Daniela Xavier

Ao final da manhã do segundo dia de Conferência Nacional da Jocum Brasil de 2007, todos os jocumeiros são chamados para assumir a responsabilidade sobre o seu País! Com uma palavra forte, discipuladora e de confronto, Landa Cope alertou profeticamente a família jocumeira reunida em Sumaré-SP a entender a visão bíblica de Deus sobre Governo, povo, nação e sobre cidadania.

Nesse sentido, foi apresentado um estudo com base no livro de Deuteronômio do Pentateuco do Antigo Testamento, a partir do qual ficou claro que o Governo, dentre outras responsabilidades, deve prover Justiça para o povo que ele governa. Ainda assim, foi visto que a plataforma bíblica em torno do Governo inclui: eleição, consenso, representação, entre outros detalhes.

Segundo Landa, “um dos maiores problemas da América do Sul ultimamente é o fato de que poucas pessoas são donos da terra e o restante é empregado deles! Todo o poder está na mão de quem está no topo! O problema da América do Sul é a América do Sul. O problema do Brasil são os brasileiros. O problema do Cristianismo no Brasil são os cristãos. Vocês não pensam como Deus, vocês pensam como brasileiros!” E, a partir de uma contribuição de Joy Dawson, Landa questiona: “você pode falar o dia inteiro sobre Missões, mas, por quanto tempo você pode falar sobre a pessoa de Deus?”

Seja nossa também a mesma oração de Bráulia Ribeiro: “Senhor Jesus, ajuda-nos a assimilar tantas coisas novas que nos foram ensinadas nessa manhã!”

N’Ele, por Ele e com Ele,

Saulo & Daniela Xavier
Conferência Nacional de Jocum 2007

Formada em Gastronomia e casada com Saulo Xavier, servem na Missão Além, com projetos de Tradução e Mobilização.

1 Comentário

  1. Júlio 5 anos atrás

    Por que não começar a maneira de Deus?
    Por que não servir como Deus serveria?
    Por que não amar como Deus ama?

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*