Menu

Venha fazer missões em Alagoas. Categorias:
Artigos

Maceió parece com todas as outras capitais nordestinas: belas praias, enfeitadas com coqueirais; clima tropical agradabilíssimo; comida boa; povo comunicativo, solidário, alegre; contrastando com um alto índice de analfabetismo; de crianças, jovens e adultos pedintes; dezenas de favelas; crescimento descontrolado de todo tipo de violência, injustiça social e uma enorme indiferença por parte da maioria dos seus governantes.

Esta é a terra dos marechais, do primeiro presidente da república e de outro primeiro presidente a receber impeachment e de uma candidata à presidência nas últimas eleições, terra do presidente do senado federal, terra dos usineiros de cana, dos coronéis e dos matadores de aluguel, terra de Zagalo e de Djavan. Porém, estes grandes nomes e personalidades que brilham e aparecem no cenário e na mídia nacional, não servem para consolar nem para amenizar a situação dos escravizados cortadores de cana, nem dos adolescentes prostituídos, moradores de grotas e favelas.

Contudo, esta terra é especial para nós, não pelos seus bens, muito menos pelos seus males, mas pelo seu povo e pelas oportunidades que temos para desenvolvermos um trabalho voltado aos excluídos e sem oportunidades.

Não estamos aqui apenas para denunciar os que devem, podem e não fazem, nem para esperar que alguém faça, estamos aqui fazendo diferença. Bem pouca, à vista do que precisa ser feito, mas procuramos fazer cada vez melhor, lembrando sempre que cada um dá do que tem.

Se você é daquelas pessoas indignadas, quem sabe até revoltadas, diante dos noticiários de violência, insegurança, corrupção e todo tipo de maldade, então queremos desafiá-lo a se levantar da frente da TV com uma nova postura. Descruze os braços, arregace as mangas e transforme toda revolta e indignação em trabalho. Deixe de concentrar sua visão apenas nos noticiários negativos. Concentre-se nos talentos, habilidades e todo e qualquer recurso que Deus tem colocado em suas mãos, e prove que você não é como aqueles que devem, podem, mas não fazem. Não fazem porque não se importam. Não se importam porque não amam. Não amam as pessoas porque não conhecem o amor de Deus que se manifesta através da generosidade para com o próximo.

Junte-se aos que trabalham e faça diferença no mundo à sua volta.

Temos um trabalho com cerca de 80 crianças na maior comunidade carente de Maceió. Precisamos do seu apoio.

Na comunidade onde a base da JOCUM-Maceió está inserida precisa urgentemente de um projeto na área de educação: Reforço escolar, alfabetização de adultos, cursinho pré-vestibular, escolinhas… como você vai participar?

Temos quatro escolas de treinamento em andamento e precisamos de obreiros que queiram fazer parte desse sonho de Deus. Treinar e enviar jovens para as Nações.

Entre em contato conosco:
Endereço – Rua João Argemiro Rosa, 1250. Barra Nova – Marechal Deodoro – AL
Telefone: (82) 3260-6312
www.jocummaceio.org

E-mail: [email protected]



  • gostei muito do que vcs escreveram ai eu moro em maceió e a verdade é essa mesmo e somos nos mesmos que devemos nos esforçar para tentar mudar estamos juntos nessa !!!

  • elias

    Louvo a DEUS por pessoas como voçês que estãoativos na obra do SENHOR. Como posso fazer parte desta escola.

  • Emerson

    Congrego na Ad,sou líder de jovens e gostaria de saber como me inscrever.

  • marilda

    nossa tem pouco tempo q aceitei jesus,e pelo pouco tempo ouço mto falarem da jocum,qria mto algum dia participar,como faz…